12 jul, 2017 Dicas da semana

Fui contratado para uma função, mas estou exercendo outra. O que devo fazer?


Antes de mais nada é preciso muito maturidade emocional e equilíbrio do profissional para lidar com esta situação. Diante deste mercado tão restrito e contido que estamos vivendo, muitas vezes esta situação ocorre porque a empresa precisa se adequar rapidamente as circunstâncias econômicas e mercadológicas do seu negocio e, por algum tempo, sua estrutura interna de cargos pode ficar desarranjada.

Analise se este fato é circunstancial – a empresa vive um momento de transição, mudança ou turbulência e a estrutura interna está se adequando a nova realidade? Se o caso for este, dê um tempo até que as coisas se estruturem e volte para uma certa normalidade. Quando tudo estiver mais normalizado, converse com sua chefia a este respeito e exponha o fato.

Porém, antes de “encostar na parede” a sua chefia, reflita se você não pode aproveitar esta situação e fazer uma bela limonada. Em momentos de crise e/ou mudança abrem-se sempre novas oportunidades de crescimento e desafios. Analise se você não está diante de uma oportunidade de enriquecer sua bagagem profissional, alargar os horizontes do seu cargo e quiçá assumir funções mais complexas. Reflita….se você continua ainda na empresa neste momento de transição, se a empresa está lhe dando outras tarefas para executar é porque ela está apostando que você possui potencial e competência para esta façanha.

Entretanto, se depois de analisar todos estes fatos você ainda não quiser apostar nesta oportunidade que está surgindo, negocie com sua chefia como fica sua situação interna. Veja o que ela fazer para adequar o seu cargo as novas funções e em quanto tempo conseguirá essa mudança.

Hoje em dia todo profissional de RH tem a consciência que os cargos/postos de trabalho das empresas são orgânicos – isto é, eles mudam na mesma intensidade das mudanças que ocorrem na organização. Portanto, a área de RH com certeza terá mecanismos técnicos para ajustar a nomenclatura do seu cargo de acordo com as funções que hoje a empresa necessita que você execute. Porém, se você ainda desejar continuar a executar as mesmas funções
pelas quais foi contratado e, já tiver obtido da empresa a resposta que o seu cargo foi reestruturado, você não tem outra alternativa a não ser buscar uma nova oportunidade de trabalho em outra organização que atenda as suas necessidades.

O mais importante neste caso é manter as portas abertas junto ao seu gestor e à empresa em questão. Não sabemos o que o futuro nos reserva, portanto, é importante ter o cuidado para olhar para ambos os lados , da empresa e o seu, tentando negociar uma estratégia e uma solução que fique seja boa pra todos.