março 29, 2018 Dicas da semana 0 comment

Consigo desenvolver minha trilha de carreira sozinho?

A grande questão de montar uma trilha de carreira sozinho é que talvez as coisas avancem mais devagar, pelo fato de não haver ninguém que aponte seus erros e cobre os resultados.

Mesmo que não exista uma receita pronta para criar sua própria trilha de carreira, há passos que podem servir de ajuda na hora de definir alguns pontos.

  • Qual seu verdadeiro objetivo? Ser promovido? Mudar de área? Criar um novo projeto? Que cargo deseja ocupar? Que atividades deseja realizar?
  • É preciso olhar para sua bagagem profissional e analisar se você possui os pré-requisitos necessários para desempenhar esse seu novo objetivo profissional.
  • Após a analise de sua bagagem profissional você precisa identificar as qualificações que lhe faltam para executar essa nova atividade. Para cada qualificação que lhe faltar, você deverá planejar alguma ação para adquirir essa competência. Cada ação planejada deve ser programada especificando-se o seguinte: o que devo fazer, de que forma e o prazo limite para realizar a ação)
  • O conjunto dessas ações é que irão compor a sua Trilha de Desenvolvimento (http://www.ohlbraga.com.br/solucoes/estruturacao-do-rh/trilha-de-desenvolvimento/) para determinado cargo ou nova posição profissional.

Não desanime se algo que tenha planejado não saiu exatamente do jeito que queria. Muitas vezes dependemos de decisões de terceiros e isso pode influenciar no resultado de nossas metas.

O mais importante na hora de montar uma trilha de carreira, é ser honesto consigo mesmo. Não planeje aquilo que não será capaz de executar, gaste suas forças naquilo que sabe que pode ser tangível.

Existem bons profissionais no mercado e consultorias competentes que poderão te auxiliar nessa empreitada. Isso tornará os processos mais fáceis de se realizar. Porém a sua dedicação também será essencial para que tudo saia como planejado.