A Ohl Braga aplicou o Programa de Desenvolvimento de Gestores (PDG) na empresa Protege. O Grupo Protege atua com serviços de logística de valores, logística de cargas, segurança patrimonial, formação de vigilantes e serviços aeroportuários. A empresa vem apostando em seu desenvolvimento através do investimento em seus profissionais, já que acreditam que estes sustentam a sua posição no mercado.

Neste ano foi estruturado o Programa de Desenvolvimento de Gestores (PDG) para preparar os profissionais que se destacaram e que foram escolhidos para exercerem a função de líder operacional em futuras oportunidades no grupo. Em conjunto com a Ohl Braga, a área de RH organizou o treinamento PDG que foi composto por uma série de módulos mensais que ocorreram de janeiro a junho deste ano.

A cada módulo cursado, os profissionais assumiram o compromisso de praticar ações SMART para introduzir novos comportamentos em sua rotina diária e exercitarem as funções de gestão e liderança. No decorrer do programa, os profissionais tiveram a oportunidade de ampliar o seu autoconhecimento através de um conjunto de instrumentos e ferramentas que demostraram as características e peculiaridades de cada um diante do seu traço de personalidade.

A metodologia do PDG foi construída em cima da teoria das Seis Disciplinas que privilegia a aplicação de técnicas andragógicas e vivenciais, a prática de ações, o controle dos resultados e o acompanhamento da evolução dos profissionais durante o processo de desenvolvimento.

O programa parte do princípio que quanto maior a inteligência emocional do profissional, melhor o preparo e o equilíbrio interior que ele terá para perceber sua equipe e flexibilizar o seu comportamento pessoal frente às situações. No período de aplicação, o PDG realizou reuniões trimestrais com os gestores para que pudessem acompanhar o progresso de seus colaboradores e introduzir novas atividades na rotina desses indivíduos para iniciá-los como gestores.

“O grande sucesso do PDG de 2019 foi a proposta metodológica que envolveu profissionais e seus gestores numa atividade conjunta de preparo e desenvolvimento, onde procurou-se criar as condições necessárias para uma melhor aprendizagem. De nada adiantaria preparar futuros líderes se a empresa, através de seus gestores, não se mobilizasse para acolher e criar situações de evolução para estes profissionais”, comentou Fátima Ohl Braga que conduziu todo o processo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *